Belezas do Ceará.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Aeroporto de Canoa Quebrada vai receber primeiro voo comercial na terça-feira (26)



O Aeroporto de Canoa Quebrada, no município de Aracati, recebe seu primeiro voo comercial na próxima terça-feira (26). Operado pela companhia aérea Azul, o voo tem como origem a cidade de Recife (PE). O governador Camilo Santana embarca na nova rota na capital pernambucana, que deve aterrissar na cidade cearense às 14h15. Ao todo, serão 3 frequências semanais, com escala em Mossoró. A chegada dos voos comerciais vai trazer uma nova dinâmica ao turismo do Litoral Leste do Estado, dando apoio aos empreendimentos turísticos que se instalam na região, especialmente nos municípios de Aracati, Beberibe, Icapuí e Fortim.

O transporte para levar as equipes até o aeroporto de Canoa Quebrada tem saída do Palácio da Abolição às 8h, com retorno para Fortaleza previsto para depois do término do evento.
Serviço:

Inauguração do primeiro voo comercial do Aeroporto de Canoa Quebrada
Data: 26/02/2019 (terça-feira)
Horário: 14h15
Saída do transporte para Canoa Quebrada: 8h
Local: Palácio da Abolição (Rua Silva Paulet, 400, Meireles, Fortaleza/CE)

Programa Mulheres No Parlamento destaca o aumento da violência contra a mulher

O Programa Mulheres No Parlamento destaca esta semana o aumento da violência contra a mulher e traz para o debate a importância da justiça restaurativa, que atende homens agressores. Para falar sobre o assunto, a jornalista Silvana Frota entrevista a juíza titular da vara de penas e medidas alternativas da comarca de Fortaleza, Maria das Graças de Almeida Quental.

O Mulheres no Parlamento fala ainda do Projeto “Constelação Familiar", que adota a biodança, a terapia e outras técnicas para tentar aproximar os casais e devolver a paz. No quadro “O que elas fazem no Parlamento", as deputadas Augusta Brito, Patrícia Aguiar e Fernanda Pessoa, falam sobre o aumento da violência contra a mulher.

No Prata da Casa, o Movimento das Mulheres do Legislativo Cearense e a Associação dos Servidores da Assembleia divulgam a programação do dia internacional da mulher.

O Programa Mulheres No Parlamento vai ao ar toda quinta feira as 20h30 com reprise no domingo, às 18 hs.

Prefeitura de Fortaleza divulga programação e plano operacional do Carnaval 2019



A Prefeitura de Fortaleza divulga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), a programação oficial e o plano operacional do Carnaval 2019, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (15/02). Com o tema “Liberdade que Faz Brilhar Nossa Alegria”, a festa ocorrerá em sete polos, de sexta a terça-feira (01 a 05/03), com uma programação que reúne artistas locais e nacionais.

Os foliões poderão aproveitar a festa no Aterro da Praia de Iracema, no Mercado dos Pinhões, no Mercado da Aerolândia, na Mocinha, no Passeio Público, no Benfica e na Domingos Olímpio.

Em 2019, os homenageados do Ciclo Carnavalesco são os cearenses Tia Simoa, figura histórica na luta pela liberdade do povo negro no Ceará, e Arnaud Silvério, fomentador cultural e um dos fundadores da Associação Cultural das Entidades Carnavalescas do Estado do Ceará (Aececce).

Além das atrações que passam pelos polos oficiais do Ciclo Carnavalesco, a Prefeitura apoia blocos que realizam apresentações em diversos bairros de Fortaleza, por meio do Edital de Apoio aos Blocos de Rua do Ciclo Carnavalesco 2019, em um montante total de R$ 550 mil. Outro incentivo público para a realização da festa carnavalesca é o Edital de Apoio ao Carnaval da Domingos Olímpio, que contempla Maracatus, Blocos, Escolas de Samba, Afoxés e Cordões, em um investimento total de R$ 915.995,00.

O Ciclo Carnavalesco 2019 é uma realização da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, com patrocínio oficial da Skol.

Programação
A programação oficial do Carnaval de Fortaleza inicia na sexta-feira (01/03), no Aterro da Praia de Iracema, com a apresentação do grupo GhettoRoots, da cantora Jord Guedes, do Bloco Geração Coca-Cola e, fechando a noite, sobe ao palco o Bloco das Travestidas. No sábado (02/03), muito tambor agita o polo, com apresentação do cantor Zé Paulo, seguida pelo cantor Robson Moraes, pela Orquestra Solar dos Tambores e, por fim, pelo bloco-afro Olodum.

No domingo (03/03), as atrações do polo são Banda Casa Maré, Superbanda, Bloco Luxo da Aldeia e Bloco Eu Não Sou Cachorro Não com Os Alfazemas. Já na segunda-feira (04/03), o dia é de samba, com o grupo SambaDelas, cantora Mel Mattos, cantora Carla Cristina e, apresentando os sucessos de sua carreira, o cantor Diogo Nogueira. Por fim, as atrações de terça-feira (05/03) prometem animar a Praia de Iracema, com o Bloco Café Preto, apresentação do cantor Renno e, fechando com chave de ouro o Ciclo Carnavalesco 2019, sobe ao palco o projeto Troça Elétrica com a banda Nação Zumbi, Academia da Berlinda e Orquestra de Frevo Henrique Dias. No show da Troça Elétrica, o público ainda poderá conferir a presença de Bonecos de Olinda, de casal de passista de frevo e de cabloco de lança. A Troça elétrica é a festa carnavalesca promovida pela Banda Nação Zumbi que tem como objetivo levar a folia contagiante do carnaval pernambucano para todos os cantos do país.

O Ciclo Carnavalesco 2019 traz uma novidade para a Avenida Domingos Olímpio, a última atração de cada dia será um bloco tradicional de Fortaleza, com início de show previsto para meia-noite. No sábado (02/03), participam do cortejo vários maracatus, com show de encerramento do Bloco Luxo da Aldeia. No domingo (03/03), blocos e maracatus desfilam pela avenida, com encerramento de Renato Black e Banda. Na segunda-feira (04/03), é a vez do cortejo de cordões e blocos, com show do Bloco eu Não Sou Cachorro Não com Os Alfazemas. Na terça-feira (05/03), passam pela avenida os afoxés e as escolas de samba.

No polo Benfica, a festa acontece de sábado a terça-feira (02 a 05/03), das 9h às 17h, exceto na segunda-feira, quando a programação se estende até 22h. No polo, a primeira atração sempre é uma banda infantil, seguida por grupo de tambores, maracatus e blocos de rua.

O bloco Num Ispaia Senão Ienche anima todos os dias de Carnaval na Mocinha, de sábado a terça-feira (02 a 05/03), das 18h às 22h. A criançada não ficará de fora, o Passeio Público de Fortaleza recebe, de sábado a terça-feira (02 a 05/03), das 9h30 às 12h, uma programação carnavalesca infantil, com as bandas Aquarela e Pacote de Biscoito.

O Mercado dos Pinhões e o Mercado da Aerolândia continuam recebendo atrações durante o Carnaval, de sábado a terça-feira (02 a 05/03). No Mercado dos Pinhões, a programação segue das 18h às 22h, já na Aerolândia as atrações ocorrem das 17h às 20h, exceto na terça-feira, com início mais cedo, às 16h.

Transporte
A Prefeitura disponibilizará, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), 75 veículos extras para facilitar o deslocamento dos foliões para os polos de Carnaval da cidade, a partir de sexta até quarta-feira (01 a 05/03). No domingo (03/02), os passageiros podem usufruir da tarifa social que cobrará R$ 3,00 (inteira) e R$ 1,30 (tarifa estudantil).

Os ônibus devem trafegar preferencialmente pelas Ruas Meton de Alencar e Antônio Pompeu. Os usuários devem embarcar e desembarcar na Avenida Monsenhor Tabosa e na Avenida da Universidade. No entorno do Aterro da Praia de Iracema, serão programados 20 carros reservas das 19h às 2h, reforçando as 27 linhas que atendem a região. Já no entorno da Av. Domingos Olímpio operam 63 linhas e haverá mais 16 veículos reservas para atender a demanda dos usuários, das 20h às 4h. Os usuários devem embarcar e desembarcar na Avenida da Universidade. O reforço também é direcionado para os terminais de integração e praias com 39 veículos.

Guarda Municipal
A Operação da Guarda Municipal de Fortaleza para o período carnavalesco de 2019 conta com efetivo de 392 servidores e 23 viaturas, com atuação em sete polos de folia. O início da operação acontece na sexta-feira (01/03), com 24 guardas no Aterro da Praia de Iracema. Entre sábado (02/03) e terça-feira (05/03), o efetivo será distribuído seguindo a concentração de foliões, com prioridade no Aterro e na Avenida Domingos Olímpio, com 24 servidores em cada local. O Mercado dos Pinhões contará com 12 guardas e nos demais polos (Bar da Mocinha, Mercado da Aerolândia, Passeio Público e Benfica) haverá oito servidores por dia.

Operação especial de trânsito
A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) disciplinará o trânsito em todos os polos que sediarão a folia na Cidade: Praia de Iracema, Polo da Mocinha, Mercado dos Pinhões, Mercado da Aerolândia, Passeio Público, Benfica e Av. Domingos Olímpio. Um efetivo diário de 158 agentes do órgão, bem como orientadores de tráfego do Via Livre, trabalhará, entre os dias 1 a 5 de março, para garantir a segurança e a boa circulação de veículos e pedestres.

Durante todos os dias de Carnaval, a partir de 16h, o acesso ao Aterro da Praia de Iracema será bloqueado para veículos. A interdição na Av. Historiador Raimundo Girão compreenderá o trecho entre a Av. Rui Barbosa e R. Carlos Vasconcelos. O Polo da Mocinha também contará com um bloqueio viário na João Cordeiro com Tenente Benévolo e na Rua Padre Climério com rua Patriolino Aguiar, a partir do mesmo horário.

Na Av. Domingos Olímpio, sede do tradicional desfile de Maracatu, o órgão promoverá a interdição da via, a partir de 16h, entre as avenidas da Universidade e Aguanambi. No Mercado dos Pinhões, agentes estarão no local efetuando o bloqueio da Praça Visconde de Pelotas, entre as ruas Gonçalves Ledo e Nogueira Acioli. Já no Benfica, o acesso à Praça da Gentilândia será interditado nos cruzamentos das vias Waldery Uchôa com 13 de Maio e Paulino Nogueira com João Gentil.

A Autarquia ressalta que os moradores que residem nas áreas bloqueadas devem estar com seus respectivos comprovantes de endereço para que possam entrar com seus veículos em suas residências. Além disso, a AMC estará com um efetivo ordinário fiscalizando e atendendo as ocorrências.

A AMC recomenda ainda a utilização de transportes públicos como meio de acesso aos eventos e, aos condutores que irão em seus veículos particulares, o alerta é para que fiquem atentos à sinalização das vias, assim como às normas de circulação e estacionamento, evitando, principalmente, estacionar em locais proibidos pela sinalização, passeios, garagens e esquinas.

Postos Médicos Avançados/SAMU
A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) instalará, no período do Carnaval, dois Postos Médicos Avançados (PMA), localizados na Avenida Domingos Olímpio e Aterrinho da Praia de Iracema, com salas de observação, de procedimentos e estabilização. Coordenado pelo SAMU, os PMA disponibilizarão atendimento às urgências e emergências médicas, com equipe composta de médico, enfermeiro e técnico de enfermagem. Além disso, o atendimento em cada local contará com o apoio de uma unidade móvel de Suporte Básico. Na Praia de Iracema, contará ainda com uma Unidade de Suporte Avançado.

IST/Aids
A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promoverá durante o Carnaval diversas ações educativas de combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/Aids, com a distribuição orientada de preservativos. Profissionais da SMS abordarão os foliões, orientando-os para os cuidados com as IST e a prática do sexo seguro.

As ações acontecerão na Rodoviária Engenheiro João Tomé, no dia 1º de março, das 14 às 20 horas, e no dia 2 de março, de 8 às 12 horas. Também serão desenvolvidas atividades, nos dias 3, 4 e 5 de março, das 16 às 20 horas, na Avenida Domingos Olímpio, no Aterro da Praia de Iracema e Mocinha.

Fiscalização
A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) estará presente na Operação de Carnaval com atuação no controle urbano e meio ambiente. Os polos oficiais do ciclo carnavalesco contarão com 28 fiscais, 105 auxiliares, além da equipe de coordenação e apoio.

Proteção integral de crianças e adolescentes
Durante o Ciclo Carnavalesco, a Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci) promove ações de enfrentamento às violações de direitos de crianças e adolescentes nos polos de maior movimentação de foliões da Cidade. As intervenções ocorrem com apoio de educadores sociais dos programas Ponte de Encontro, Rede Aquarela e Adolescente Cidadão.

O objetivo é combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, além de alertar a população sobre a importância de denunciar esses casos e outros tipos de violações, como o trabalho infantil, negligência e até mesmo sobre a importância dos pais ou responsáveis não deixarem crianças desacompanhadas.

Para denunciar qualquer tipo de violação é importante notificar o Plantão do Conselho Tutelar de Fortaleza, pelos telefones 3238-1828 ou 9 8970-5479, ou ligar para o Disque 100.

Limpeza Urbana
A Ecofor Ambiental vai realizar a limpeza nas áreas da Praia de Iracema e Centro antes e depois da festa. Ao todo, 96 garis farão a varrição no Centro. Já na Beira Mar, são 60 garis.

FORTUR realiza primeiro reunião do ano, assina convênio com Faculdade CDL e expõe ações dos foruns regionais

A primeira reunião do Fórum de Turismo do Ceará- FORTUR , comandada pelo Presidente engenheiro Pedro Carlos da Fonseca e ocorrida nesta quinta-feira,dia 21, na Assembleia Legislativa, foi uma das mais prestigiadas dos últimos tempos . Além do Deputado estadual Sérgio Aguiar, vice-presidente da Comissão de Turismo, contou com a presença do secretário de turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, dos secretários municipais de turismo de vários municípios, da presidente do Skal Fortaleza, Epitácio Vasconcelos e Presidente do Skal Internacional do Brasil, Priscila Cavalcante, Presidente da ALFE, Selma Cabral, Presidente da AGACE, Genny France, vice- prefeita de Redenção Ana Paula, dentre outras autoridades.


O secretário de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira que retornou ao cargo falou dos novos projetos que pretende implementar nestes dois últimos anos da administração Roberto Cláudio .
Seguindo-se a apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelos dos demais secretários coordenadores dos Foruns de Turismo (FORTEXO: Rossana Lima, Condetutur-Cariri, Júnior Fernandes, Fortur Oeste- Cel. Paulo Guerra e do Fortleste- Indira Guimarães.) .Todos apresentaram as realizações no ano de 2018 e as metas que pretendem implementar em 2019.

A extensa pauta iniciou com a apresentação do Projeto Map Gogloe Street no Estado, por Washington Macedo e a apresentação do Guia Turístico do Ceará, em quatro idiomas, pela jornalista Silvana Frota. O Fortur também apresentou um balanço de suas atividades em 2018, com um saldo expressivo de realizações e visitas.

Um dos momentos mais importantes da reunião do Fortur foi a assinatura de um convênio de cooperação entre a CDL e a ACETUR- Academia Cearense de Turismo, com vistas a oferta do curso de 'MBA em Hospitalidade, Turismo e Inovação, pela faculdade CDL, com descontos especiais para os integrantes da ACTUR, dos Fóruns de Turismo, secretários municipais de Turismo. O Presidente da CDL, Assis Cavalcante e os diretores da FAculdade CDL estiveram presentes e destacaram a importância da cooperação .O presidente da ACTUR Pedro Carlos assegurou que foi um passo importante da Academia, na busca da eficiência e maior profissionalização do turismo no Estado . Pedro destacou que a parceria foi uma iniciativa da presidente da ALFE Selma Cabral que é conselheira do Fortur e acadêmica na ACETUR.

No final da reunião, ocorreu a posse de novos conselheiros e a entrega de certificados de reconhecimento a várias personalidades e instituições.

Reforma da Previdência prevê idade mínima de 60 anos para homens e mulheres na aposentadoria rural

Hoje, idade mínima é de 60 para homens e 55 para mulheres. Reforma ainda estipula contribuição de pelo menos 20 anos para trabalhadores da área rural
Na reforma da Previdência entregue pelo governo nesta quarta-feira (20) ao Congresso, o governo propôs idade mínima de 60 anos para homens e mulheres na aposentadoria rural. Pela regra atualmente em vigor, a idade mínima para homens é de 60 anos e para mulheres de 55 anos.

Pela reforma, os trabalhadores rurais vão precisar de pelo menos 20 anos de contribuição.

A contribuição do trabalhador rural pode incidir sobre o salário ou sobre a produção. Esses contribuintes especiais contribuem com uma alíquota de 1,7% sobre o valor de venda da produção agrícola.

A regra atual não prevê tempo de contribuição, mas apenas um tempo mínimo de atividade rural de 15 anos.

O secretário especial da Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que as mudanças na previdência rural vão ajudar a coibir fraudes.

“Vamos filtrar e permitir uma maior exatidão no cadastro para ver quem merece e tem direito a essa aposentadoria por ser rural”, disse.

FAEC e a Aposentadoria rural

Ao invés da comprovação de 15 anos de atividade rural, o trabalhador passa a ter que contribuir para a Previdência por, pelo menos, 20 anos. Caso aprovada, a regra vai valer para empregados, contribuintes individuais e segurados especiais. A idade mínima para aposentadorias do tipo ainda foi unificada para 60 anos, tanto para homens, quanto para mulheres. Pelo modelo atual, a idade mínima é de 60 anos para homens; para mulheres é inferior, de 55 anos.

Para garantir o direito à aposentadoria, os trabalhadores rurais também deverão pagar anualmente R$ 600 por grupo familiar. Hoje, isso ocorre apenas quando o segurado especial comercializa o que produz. Conforme o presidente da Federação da Agricultura do Ceará (Faec), Flávio Saboya, o Ceará conta hoje com cerca de 400 mil estabelecimentos rurais, sendo 220 a 230 mil de agricultores familiares . Nossa opinião é de que estas regras comecem a vigorar para os produtores que estão iniciando agora a atividade rural, aos 16 /17 anos de idade e que para os antigos sejam mantidas as regras anteriores.

Em nota, a Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), por sua vez, declara que muitos dos trabalhadores não terão condições de desembolsar R$ 600 a cada ano. “A PEC apresentada praticamente inviabiliza o acesso da maioria dos agricultores familiares cearenses à aposentadoria, pois desenvolvem uma agricultura de subsistência, não produzindo excedente para comercialização. Somado ao fato do Ceará ter nos últimos anos chuvas abaixo da média histórica e consequentemente perda de produção”, declara.

Benefício do Cartão Mais Infância já está disponível para 27 mil famílias



Quase 27 mil famílias já estão com o crédito do Cartão Mais Infância depositado em conta. Isso totaliza R$ 2,2 milhões pagos pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) a famílias em situação de extrema pobreza. O montante contempla exatas 26.951 famílias e é referente a janeiro. Ao todo, o programa de transferência de renda vai beneficiar 50 mil famílias em situação de vulnerabilidade.

O cartão é mais uma ação do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Estado, Onélia Santana, em prol do desenvolvimento das crianças cearenses. O benefício de R$ 85 mensais é pago a famílias cearenses com crianças de 0 a 5 anos e 11 meses, incluídas no cadastro único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). O total anual do benefício é de cerca de R$ 50 milhões. A iniciativa é executada pela SPS.

Até agora, 11.777 famílias já sacaram o benefício. A coordenadora de proteção social básica da SPS, Mary Anne Libório, explica que muitas famílias ainda não buscaram a instituição financeira para realizar o saque. “Algumas famílias não têm a informação do saque, ainda que as prefeituras estejam fazendo um grande serviço de informação, inclusive com visitas presenciais às casas dos beneficiados”, ressalta. Ela destaca que até a próxima semana, um novo saque, contemplado mais de mil famílias, deve ser feito.

A secretária da Proteção Social, Socorro França, comemora o alcance do benefício. “Janeiro marca a retomada do projeto após um intervalo em 2018. Neste primeiro mês, inserimos novas famílias e validamos as informações daquelas que já participavam do projeto. Chegar a 27 mil famílias é certamente um número muito proveitoso”, pontua.

Previdência: Proposta divide opiniões na Assembleia

A proposta de reforma da previdência, apresentada, na última quarta-feira, pelo governo Jair Bolsonaro, repercutiu durante sessão plenária de ontem da Assembleia Legislativa. O tema mobilizou a atenção dos parlamentares e gerou embate. Diante da polêmica, o deputado Romeu Aldigueri (PDT) adiantou que vai solicitar audiência pública para debater a reforma em tramitação no Congresso Nacional.

O parlamentar assinalou que deve debater o projeto com especialistas, deputados federais e estaduais, além de técnicos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Receita Federal, entre outros. “É importante que possamos discutir junto à população o que vai ser votado e alterado na vida do povo”, disse.

Entre outros pontos, a proposta fixa idades mínimas para se aposentar no Brasil, sugerindo 62 anos para mulheres e 65 para homens. Além disso, beneficiários terão que contribuir por um mínimo de 20 anos, e, para ter direito a 100% do benefício, será preciso contribuir por 40 anos.
Sobre o tema, a deputada Dra. Silvana (PR) pontuou que está acompanhando, juntamente com o deputado federal Dr.Jaziel (PR/CE), os desdobramentos da reforma da Previdência. “Estamos do lado do povo. Meu marido, deputado Jaziel, está atento e pode, inclusive, servir de ponte para esta Casa. Vamos debater e pensar sempre em prol de melhorias para os cidadãos”, assinalou.

Na mesma linha, o deputado Osmar Baquit (PDT) enalteceu a iniciativa do deputado Romeu Aldigueri (PDT) que solicitou a realização de audiência pública na Casa para debater a proposta de reforma da Previdência. O pedetista defendeu que o texto da reforma seja debatido com especialistas e políticos da Câmara Federal no assunto enquanto estiver tramitando no Congresso Nacional.

“Essa Casa não pode ficar fora desse momento, que é a grande discussão hoje no Brasil: a reforma da Previdência, que é importante e necessária”, observou.

Osmar Baquit acredita que as mudanças na Previdência são necessárias, sob pena de prejudicar a saúde financeira dos estados. No entanto, defendeu um debate sério e desprovido de qualquer viés ideológico. “A partir do momento que politizar você está se apequenando. A reforma é para o País. Vamos ver como podemos contribuir para melhorá-la. Não me sujeitarei a participar de um debate com críticas ideológicas sobre a reforma. É assim que vamos nos inserir e ter credibilidade”, ponderou.

Na avaliação dele, uma das maiores preocupações em relação à reforma diz respeito à aposentadoria rural, que pode ser comprometida com as novas regras. “É impossível um agricultor do Estado do Ceará ser comparado com o de Santa Catarina. A produtividade e a qualidade do solo, são diferentes, acrescentou.

Endossaram o pronunciamento os deputados Romeu Aldigueri, Salmito (PDT), Guilherme Landim (PDT) e Delegado Cavalcante (PSL), que apontaram a necessidade tanto da reforma para o País e o debate.

Romeu informou que já conversou sobre o assunto com o presidente da Casa, deputado José Sarto (PDT), de quem recebeu apoio. Ele reiterou que é preciso discutir o assunto e “buscar uma solução para que o Brasil possa caminhar”.
O deputado Carlos Felipe comunicou que já agendou seminário para o dia 14 de março, no Auditório Murilo Aguiar, para debater o assunto na Casa. O evento deve contar com a presença do secretário de Planejamento do Estado, Mauro Filho. “A gente abriria o plenário para quem quisesse vir, para colocar a voz do povo cearense nesse processo”, sugeriu.

Já o deputado Sérgio Aguiar (PDT) revelou ser contrário a proposta da reforma. Segundo o parlamentar, a matéria vai prejudicar os trabalhadores, principalmente os rurais. “Acho difícil essa reforma passar como está. A maneira que a proposta chegou ao Congresso é muito danosa aos cidadãos”, lamentou. O parlamentar esclareceu ainda que, após reuniões com dirigentes do PDT, foi constatado que a reforma da Previdência não impactará os cofres públicos do Estado.

Arquivo do blog